Depois de 10 anos, reassisti Yu-Gi-Oh!

domingo, junho 28, 2015

Não é novidade para ninguém que a Netflix trouxe para o seu catálogo nacional os episódios do saudoso anime Yu-Gi-Oh. O anime que é baseado no jogo de cartas de monstros de duelo fez muito sucesso aqui no Brasil no ano de 2003 quando foi exibido pela Rede Globo. Eu era viciado na época, tinha as cartas e joguei muito os jogos de vídeo-game que foram produzidos para a série (principalmente aquele de Playstation). E lá fui eu assistir a série novamente e só posso dizer que foi uma experiência muito engraçada.

yu-gi-oh

A primeira coisa que você já estranha ao dar play é o formato 4:3, é bizarro como você se acostuma rápido com o que é bom e se incomoda facilmente com os dois retângulos pretos na lateral da tela. Mas quando a música de entrada ( “Sua vez….. ~ É hora do Duelooooo”) toca várias lembranças boas surgem e você acaba se esquecendo disso.

Depois de assistir alguns episódios percebi o quanto que a regra dos 15 anos é válida. Sério. Esse anime não fazia sentido! O jogo se baseava apenas em quem tinha a carta mais forte, os jogos não tinham nenhum sentido narrativo e não instigavam nenhum pensamento lógico profundo ou surpreendente. Mesmo assim eu amava o anime e me empolgava bastante com as batalhas que Yugi participava, achava ele o gênio dos jogos e agora ele é apenas um farsante. hahah

Também percebi o quanto o “fator nostalgia” é poderoso, pois mesmo percebendo todos estes erros e fragilidades da série estou me divertindo muito com as tão conhecidas vozes e bordões que fizeram parte da minha infância. É uma outra visão e entendimento de algo que já tinha visto, é diferente, decepcionante, e ao mesmo tempo emocionante.

Bom… agora eu vou lá assistir, porque…. É HORA DO DUELO!!!!

Você também pode gostar de...

0 comentários

recent posts

Flickr Images